REFÚGIO JEEP

BEP_Arquitetos_CC_2018_06_Baixa.jpg

Sensação: reação momentânea e significativa que mobiliza emoções e sentimentos. Essa ideia, aplicada à arquitetura e somada ao tema da Casa Cor deste ano, CASA VIVA, tornou-se o foco do projeto. O ambiente, com 115 m², foi construído integrado ao jardim e exalta as texturas dos materiais naturais e o minimalismo aconchegante.

A geometria externa do ambiente, revestida com pedra, mistura-se ao verde do jardim. Internamente, o forro em madeira e as paredes soltas unem as duas áreas do ambiente: a garagem e o living. Outro ponto em comum é a cortina em cascata, que traz o elemento "água" e a sensação de relaxamento. A ocupação do living é reflexo da forma como o indivíduo contemporâneo percebe o espaço que habita: integrado, repleto de luz natural e aconchegante.

A vida é uma eterna transição. Realizamos isto em nosso projeto, optando pela construção a seco, sem produção de resíduos. Economizamos na utilização dos recursos naturais e de energia elétrica. Além disso, todos os insumos poderão ser reaproveitados em outros lugares e com novas formas.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom

REFÚGIO JEEP

Brasília, 2018

Autores: Bruno Lins Amaral e Taiza Greca

Colaboradores: Talita Yamada

Fotos: Haruo Mikami